Tipos de lentes de contato

Uma receita de lentes de contato é bem diferente da receita de óculos de grau, levando em consideração que precisa ser bem mais detalhada.

Isso porque o óculos fica projetado a uma distância de aproximadamente 12mm do rosto.

Já as lentes de contato, como são usadas em contato direto com a córnea, são necessárias mais informações do consumidor, para que o produto encaixe perfeitamente às suas características.

É possível encontrar diversos tipos de lentes no mercado, e cada uma confeccionada de forma e com materiais específicos para cada necessidade de uso.

Exemplos disso, são as lentes rígidas e gelatinosas.

Além dessas, veja a seguir outros tipos de lente existentes e para que servem.

Lentes gelatinosas

Também conhecidas como lentes de hidrogel, ou hidrofílicas, esse produto é o mais procurado no mercado e muito confortável para o consumidor.

Isso porque o produto é maior e mais fino e se adequar aos olhos com mais facilidade.

Essas lentes possuem grande porcentagem de água em sua composição, o que mantém a hidratação e a alta capacidade de permeabilidade de oxigênio.

São usadas por pessoas com miopia, hipermetropia e até astigmatismo.

Porém, por ser muito flexível e gelatinosa, não suporta tratamentos de pessoas com alto grau de astigmatismo ou pacientes que possuem ceratocone, por exemplo.

Para pacientes que já possuem um grau mais elevado, são recomendadas as lentes rígidas.

Lentes rígidas

Foram as primeiras lentes de contato que surgiram, por volta de 1930. Hoje em dia, são bem mais confortáveis do que naquela época, mas não tanto quanto as gelatinosas.

O tempo de adaptação ao uso frequente também pode ser mais demorado.

Quando comparadas às de hidrogel, apesar de pouco maleáveis, as lentes rígidas são mais duráveis e resistentes às bactérias.

Além disso, exige menos manutenção que as lentes gelatinosas.

Esse tipo de produto é indicado para pessoas com graus mais elevados de problemas na visão, principalmente às que possuem ceratocone, mas podem ser usados por qualquer tipo de consumidor.

Lentes tóricas

No mercado, as lentes tóricas podem ser encontradas tanto no tipo rígida, quanto gelatinosa.

Ela possui um eixo médio, funcionando como uma linha vertical que mantém a nitidez da visão; tem uma curvatura em vários ângulos, por isso deve ser encaixada nos olhos de forma correta.

Caso contrário, o usuário pode encontrar dificuldades para enxergar com clareza.

Sendo assim, as lentes tóricas são recomendadas principalmente para quem possui astigmatismo, já que se trata de um transtorno que resulta na má visão tanto de perto, quanto de longe.

Lentes descartáveis

Também conhecidas como “lentes diárias” ou “one day”, esse produto normalmente é encontrado no tipo gelatinoso.

São procuradas no mercado por serem simples de usar e não exigir muitos cuidados com higienização e evitarem problemas alérgicos.

Normalmente vêm armazenadas em embalagens individuais, contendo vários pares de lentes (um para cada dia) e têm previsão de um mês de uso. São feitas para serem usadas durante todo o dia, e descartadas à noite.

É comum que algumas pessoas usem essas lentes por vários dias. Mas, vale ressaltar que, a longo prazo, esse hábito pode trazer complicações mais graves à saúde dos olhos.

Lentes coloridas

Esse produto é encontrado apenas no tipo de lente gelatinoso, e utilizado principalmente para fins estéticos, para quem quer mudar a coloração ou dar mais brilho e profundidade ao olhar.

É facilmente encontrada no mercado, principalmente em lojas online.

Apesar disso, não é um produto muito recomendado. Esse tipo de lente também precisa de prescrição para ser utilizado, mas isso dificilmente ocorre.

Os jornais “O Bonde” (o maior portal do estado do Paraná) e o “Estadão” (Jornal do Estado de São Paulo) já publicaram matérias explicando o quanto o pigmento que é usado para colorir as lentes pode ser prejudicial para as córneas.

A erosão causada por esse pigmento pode servir como uma porta de entrada para resíduos e bactérias, além de o produto ser considerado como um corpo estranho que está em contato com os olhos.

Elas podem causar danos sérios e permanentes à sua visão.

CEOM - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por: Lamparina Web
CEOM